Veja 7 benefícios de tratar sua Infraestrutura como Código (IaC)
Back To Top

7 benefícios de tratar sua Infraestrutura como Código (IaC)

Entender a Infraestrutura como Código é um importante passo para automatizar a implantação de aplicações garantindo o correto gerenciamento

Infraestrutura como Código, ou somente IaC, está revolucionando a forma como empresas estão lidando com a infraestrutura de seus projetos e impulsionando entregas de valor de forma constante, mostrando o seu papel fundamental para garantir a disponibilidade nas operações da empresa. Combinar a infraestrutura com o código está se mostrando uma ótima forma de determinar estratégia e eficiência.

Sendo utilizado principalmente por engenheiros DevOps, Infraestrutura como Código permite o gerenciamento e o provisionamento de infraestruturas através de código, sem ter que recorrer a antiga configuração de máquinas de forma manual. A forma de tratar o código de aplicações se torna a mesma forma de tratar códigos IaC.

E você, quer saber mais sobre os benefícios de utilizar a Infraestrutura como Código? Continue acompanhando a nossa publicação!

O que é a Infraestrutura como Código (IaC)?

A Infraestrutura como Código, ou até mesmo chamada de Infraestrutura programável, move para a etapa de codificação a configuração dos ambientes. Tratando a infraestrutura como uma etapa no desenvolvimento de software, acarreta na incorporação dos famosos scripts de automatização dos processos de TI também na etapa de codificação para a configuração de ambientes de produção.

O surgimento das técnicas de Infraestrutura como Código tem bastante relação com o surgimento do DevOps e dos conceitos de CI/CD, principalmente por envolver os desenvolvedores na configuração dos ambientes onde as suas aplicações irão operar. Além disso, tratar a Infraestrutura como Código permite que as entregas aconteçam com muito mais agilidade e eficiência, sendo uma das principais motivações para o seu surgimento.

Outro ponto importante é a aproximação das duas áreas, com os desenvolvedores se tornando também administradores dos sistemas que irão dar suporte as aplicações. No IaC, semelhante ao processo dos scripts de programação, o desenvolvedor pode automatizar o processo e as etapas de configuração do ambiente, favorecendo inclusive a replicação do ambiente.

Quais os benefícios de se utilizar a Infraestrutura como Código?

Utilizar a Infraestrutura como Código pode acarretar em benefícios, principalmente no que diz respeito as entregas no desenvolvimento de software e a integração das soluções com a infraestrutura necessária para a sua operação. Pontos importantes como a velocidade nas entregas de valor são beneficiadas pela implementação do IaC.

Rapidez nas entregas de valor

A velocidade nas entregas de valor ao cliente também é um importante benefício da Infraestrutura como Código, principalmente pela rapidez neste tipo de resposta e da necessidade desta agilidade de acordo com os conceitos das metodologias ágeis. Com o desenvolvimento de software se tornando cada vez mais ágil para atender as demandas do negócio e dos clientes, garantir esta velocidade é um ponto importante.

Automatização

A Infraestrutura como Código se baseia muito na automatização dos processos, principalmente por nascer dos scripts de automatização de processos de TI utilizados anteriormente. Um desenvolvedor pode facilmente incorporar o processo de instalação e configuração de um novo ambiente para a sua aplicação, garantindo a qualidade e agilidade neste desenvolvimento.

Com a automatização da Infraestrutura sendo testada e a sua qualidade garantida, se torna também repetível entre outras aplicações e outros ambientes. Isso garante que a Infraestrutura como Código seja considerado um facilitador ao processo de CD nas empresas.

Menor taxa de retrabalho

Com a automatização do processo de Infraestrutura, um benefício importante é a diminuição na taxa de retrabalho. Adotar o IaC permite que com cada liberação de código pelo desenvolvedor, seja também iniciado os testes necessários para certificar que a aplicação funciona corretamente e de forma integrada ao código principal.

Seguindo um pipeline de Build e de Deploy com todos os processos automatizados, testados e validados garante que o software que entra para a produção tenha uma baixa taxa de retrabalho, sem tomar tempo de desenvolvimento.

Eficiência operacional

Este benefício é na verdade uma consequência da adoção da Infraestrutura como Código, principalmente por garantir também o controle de ambientes complexos como os de produção no desenvolvimento de software. A sensibilidade e importância destes ambientes torna necessário o cuidado e controle antes de uma aplicação “ir para o ar” e o IaC garante a eficiência necessária.

Ganhos financeiros

Com o controle do ambiente de produção a partir desta automação das entregas, a previsibilidade sobre a variação dos recursos se torna um dos pontos altos para a IaC. Outro ponto importante é a diminuição dos incidentes e chamados de TI, principalmente pela automatização e da definição dos padrões de infraestrutura.

E como implementar uma Infraestrutura como Código?

Implementar um ambiente de Infraestrutura como Código depende de algumas ferramentas de automação, além de dispor de algumas ferramentas disponíveis para esta implementação. Alguns exemplos são as máquinas virtuais, ou VMs, que podem servir como um ambiente onde se define uma imagem e os softwares necessários para realizar o desenvolvimento.

Outro exemplo de implementação da Infraestrutura como Código é o Docker e os seus containers, que funcionam como a virtualização, porém num nível muito diferente. Oferecendo mais rapidez e agilidade na implantação das imagens, o Docker não necessita das grandes imagens e de grandes recursos de computação – e favorecem o ambiente para a adoção de novas arquiteturas, como os microsserviços.

Além destas ferramentas de virtualização, na administração de sistemas pode-se citar o Chef e o Puppet, que permitem a execução de scripts na linguagem Ruby para obter uma melhor orquestração de ações e operações entre todo um ambiente.

Saiba mais!

A Infraestrutura como Código está revolucionando o mercado de TI, principalmente com a adoção do DevOps e da automatização de processos em todo o desenvolvimento de softwares. Adotar a Infraestrutura como Código permite que organizações de todos os tamanhos promovam e acelerem as entregas de valor ao cliente.

Adotar este tipo de automação para o desenvolvimento de software promove uma melhor interação entre todos os ambientes, principalmente para a implantação da aplicação.

E você, quer saber mais sobre as melhores informações sobre inovação e tecnologia? Continue acompanhando as nossas publicações!

>> Gostou?

Receba notícias sobre tecnologia diretamente no seu e-mail.
Cadastre-se agora mesmo.
Escrito por

Arquiteto de Transformação Digital - Arquiteto de Software, especialista na plataforma Java com 12 anos de experiência em projetos para o mercado financeiro e área da saúde. Evangelista de metodologias ágeis e cultura Devops. Formado em Redes de Computadores pela Universidade de São Caetano do Sul e pós-graduado em Desenvolvimento de Soluções corporativas na plataforma Java pela Faculdade de Informática e Administração Paulista. Certificado como programador Java e desenvolvedor Java Web pela Sun Microsystems. Atualmente líder de tecnologia na área de transformação digital da empresa Deal Technologies.

Enviar Comentário

E-mail
Twitter
LinkedIn
Whatsapp