Agile sem Lean!? - Metodologia, Programação, Framework
Back To Top

Agile sem Lean!? Ops!!

O Agile + Lean são uma ótima forma de obter resultados consistentes e melhora na velocidade de entrega e na produtividade da equipe

O Agile está em alta nos últimos anos, com reais indicadores do seu sucesso através do aumento da produtividade nos times ágeis. O Agile também se mostra como uma ótima forma de manter a qualidade e velocidade nas entregas, conduzindo o time a uma metodologia ágil em busca da evolução deste conceito. 

Mesmo com tantos benefícios, partir para a adoção de metodologias ágeis como o SCRUM sem ter como base princípios básicos do Lean não é garantia de sucesso. Como a maioria dos conceitos inovadores, a utilização dos frameworks ágeis por si só não é garantir de bons resultados, dependendo também do seu adequado planejamento. 

E você, quer saber mais sobre os princípios do Lean e em como atingir resultados consistentes a partir da sua implantação? Continue lendo nossa publicação! 

 

O Agile e as metodologias ágeis

O Agile faz parte de um movimento entre os profissionais de TI para mudar o desenvolvimento de software, trazendo agilidade e movimento para esta área. Este tipo de mindset promove algumas premissas como a interação entre as pessoas e as entregas de valor, além da colaboração e da resposta às mudanças. 

Os benefícios do Agile são diversos como a capacidade de adaptação e a mudança em qualquer etapa do processo, dependendo do feedback e das condições do mercado. O Agile também organiza o projeto em equipes pequenas com reuniões diárias e entregas rápidas através das Sprints para garantir a entrega de valor ao cliente. 

 

Agile + Lean – resultados consistentes nos frameworks ágeis 

O Agile e o Lean andam sempre em conjunto e os seus resultados são consistentes quando essa utilização é feita de forma correta. As práticas de SCRUM no projeto por si só não são garantia do aumento de produtividade e velocidade no seu desenvolvimento – a aplicação dos princípios do Lean é essencial para manter este bom desenvolvimento. 

E quais são os pontos-chave do Lean? 

O Lean começou como uma forma de resposta às práticas antigas de gestão em fábricas e oferece uma forma diferente de mentalidade, afim de obter melhor formas de gerenciar qualquer tipo de trabalho. O Lean visa explorar as hipóteses e tomar decisões a partir da experiência, aprendendo e capacitando os responsáveis. 

O Lean também tem o foco na qualidade total, na minimização do desperdício através da produção enxuta e da melhoria contínua do processo. Esses pontos são influenciados pelo cliente que “puxa” os processos e também são impactados por mais um dos seus pontos-chave, que é a flexibilidade para produzir rapidamente diferentes lotes e produtos de valor. 

Os pontos em comum do Agile e do Lean 

Tanto o Agile e o Lean possuem diversos pontos em comum quanto aos seus conceitos. Ambos estão dispostos a abraçar as mudanças no projeto de forma satisfatória e a conduzir a produção de valor no projeto em ciclos curtos de entrega, com um ciclo de desenvolvimento “enxuto”. 

O Lean e o Agile também são destacados pelo valor às pessoas, encorajando a autonomia e a colaboração entre os times. Também tem o foco maior na qualidade e na melhora da eficiência e da produtividade. 

 

O Agile e o Lean se complementam? Sim! 

Sim, o Agile e o Lean se complementam. A utilização de práticas de SCRUM nos projetos não é por si só uma garantia de aumento de produtividade ou de velocidade na condução dos projetos. Os princípios do Lean devem estar presentes também na utilização dos frameworks ágeis para então acarretar em resultados consistentes nos projetos. 

O Lean pode levar os ciclos curtos de desenvolvimento juntamente com o Agile, reforçando um dos objetivos comuns nas áreas envolvidas no processo que é agregar valor ao cliente. 

O que o Lean e o Agile têm em comum: 

  • Ambos conseguem abraçar as mudanças;
  • Produzem valor em curtos ciclos de entrega;
  • Valorizam as pessoas através da autonomia e da colaboração;
  • Focam em qualidade para melhorar a produtividade e eficiência;
  • Outro foco é a eliminação de esforço que não acarreta em valor;
  • Buscam a melhoria contínua por meio do aprendizado e da compreensão do conhecimento. 

O Agile também tem mais algumas características como as células de entrega ágil e as equipes de valor. Esse conceito parte do princípio de aproximar e desenvolver igualmente um time de funcionários através da metodologia ágil, fazendo com que este desenvolvimento se torne iterativo e incremental, gerando valor em cada entrega. 

Partir para um framework de metodologia ágil é fazer mais do que os encontros diários e quebrar os projetos em Sprints. O Agile é uma mudança de mindset total, de cultura e do processo de trabalho como um todo – e alinhado ao Lean, permite que a produtividade e a velocidade nas entregas gerem resultados consistentes. 

 

Saiba mais! 

Saber como aplicar os frameworks ágeis e como obter os melhores resultados através das mudanças de mindset, de cultura e do processo de produção como um todo é importante, principalmente quando se o Agile e o Lean são aplicados em conjunto. 

E você, quer saber mais sobre como o Agile e o Lean são importantes para obter resultados consistentes e para manter a eficiência e a produtividade nas entregas? Continue acompanhando nossas publicações! 

>> Gostou?

Receba notícias sobre tecnologia diretamente no seu e-mail.
Cadastre-se agora mesmo.
Escrito por

Perfil oficial da Deal, neste perfil falamos dos nossos conteúdos institucionais e notícias sobre o que acontece na empresa. :)

Enviar Comentário

E-mail
Twitter
LinkedIn
Whatsapp