Projeto IoT - Deal Technologies
All You Need
In One Single
Theme.
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat
Search here:

Projeto IoT

Realizamos um projeto de IoT para um dos maiores bancos de varejo do Brasil, com uso do ITG, que permitiu avaliar diversos modelos de Zero-Clients em um curto período de tempo. Empregamos um conjunto de métodos, ferramentas e processos para testar novos tipos de computadores (Zero-Clients).

 

Com a automatização do processo, evitou-se a necessidade de pessoas em tempo integral monitorando o sistema, e forneceu logs automáticos das informações coletadas. O sistema também avisa, em tempo real, falhas que ocorrem durante os testes, por meio mensagens que são exibidas no smartphone.

 

Já com o armazenamento dos dados, foi possível a detecção de anomalias e a possibilidade de aplicar Machine Learning no futuro. Com isso, será possível executar, de forma automatizada, testes de carga, monitoração lógica e física por meio de sensores externos.

Zero-Clients Certification Process

  • Testes de virtualização com Zero-Clients rodando diferentes distribuições Linux e também Windows;
  • Teste de validação dos periféricos, utilizados nas operações do banco dentro do ambiente virtualizado;
  • Execução dos testes de stress em 9 Zero-Clients, análise e inspeção técnica do hardware e emissão de relatórios finais;
  • Transferência de conhecimentos in-loco para colaboradores do cliente;
  • Elaboração de questionário de homologação de fornecedores para os Zero-Clients;
  • Geração de evidências em vídeo e apresentação de matriz de testes;

Equipamentos utilizados no Painel de Testes “Testing Gateway”.
Hardware utilizado:

  • Roteador 3G;
  • IoT Surfboard;
  • Raspberry pi;
  • Sensores de temperatura, umidade, consumo de energia.

Software

  • Aplicação em Node-red para monitoração, logs em Mongodb e análise de execução de testes;
  • Servidor Linux com Raspberry pi configurado como i.t.g. server contendo Mongodb server, git, Node-red e Mosquitto;

ITG (Framework multi plataforma para gestão automatizada de testes e monitoração)

 

Implantação de máquinas virtuais inicialmente em agencias, e posteriormente, em todo o parte tecnológico do banco, eliminando assim diversos gastos (que vc pode pegar na própria apresentação do VSD).

 

Os principais testes eram:

  1. Garantir um zero client viável tecnicamente e financeiramente
  2. Garantir que os endpoints (diversos periféricos) funcionassem através de máquinas virtualizadas
  3. Garantir que o SO e sistemas legados funcionassem
  4. Tornar um zero client descartável, ou seja, o próprio usuário da agencia poderia facilmente trocar o dispositivo sem a necessidade de envolver a área de infra estrutura do banco.

E o resultado esperado era:

  1. Reduzir custos (energia, infra, pessoas)

Date

6 de junho de 2018

Category

Digital

Tags

IoT

0