Back To Top

Os impactos positivos do Lean IT para o seu desenvolvimento de software

O Lean IT promove uma mudança de filosofia e acarreta em impactos positivos para o seu desenvolvimento de software.

O Lean IT é considerado como a adaptação dos conceitos do Lean e do Sistema Toyota de Produção para o ambiente da tecnologia da informação e do desenvolvimento de software, sendo integrado corretamente ao negócio. Busca também promover ações benéficas ao ciclo de desenvolvimento e da gestão de projetos como um todo.

Com a finalidade de alcançar melhores resultados, o Lean IT permite que os gestores estejam mais atentos ao setor de tecnologia da informação ao adequar os conceitos aplicados no chão de fábrica para um ambiente de desenvolvimento de software. Com o seu conceito principal e os seus princípios, o Lean IT promove impactos positivos para o setor.

Continue acompanhando a nossa publicação e saiba mais sobre os impactos positivos do Lean IT!

A filosofia Lean, surgimento e conceitos do Lean IT

O “Lean” é um termo que se tornou popular por caracterizar um conjunto de conceitos que compõem a filosofia desenvolvida pela Toyota através do Sistema Toyota de Produção. Este sistema revolucionou o panorama de produção industrial ao abordar temas como o jeito de ser, de pensar, de fazer e de viver dos seus funcionários visando a máxima produtividade deles não apenas no ambiente profissional, mas nas suas vidas.

No Sistema Toyota de Produção, o Lean visava aumentar a eficiência, evitar ao máximo os desperdícios e aprimorar o tempo de fabricação e espera dos produtos ou serviços. Em termos de gestão, gerencia e desenvolve os produtos e serviços com a utilização dos recursos necessários a execução daquela etapa ou processo. Os cinco princípios do Lean são:

  1. Agregar valor ao cliente, com produtos ou serviços que tenham o foco no consumidor;
  2. Ter um fluxo de valor que olha para o processo de forma completa;
  3. Ter um fluxo contínuo para que os processos continuem em funcionamento mesmo que haja alguma limitação;
  4. Ter uma produção puxada, onde o cliente dita o ritmo e evitando ao máximo os desperdícios;
  5. A busca pela perfeição, trazendo a ideia da melhora contínua dos produtos e serviços para a satisfação do cliente.

O Lean IT

Cada um destes princípios traz consigo um conjunto de ferramentas e práticas que de certa forma já são conhecidas no mundo da TI e que tiveram o seu nascimento no Lean ou sofreram alguma influência do Lean, como as metodologias de gestão Scrum ou o Kanban, além do CobiT e o ITIL. No mundo da tecnologia da informação, a necessidade de integração do setor ao negócio para gerar mais valor ao seu cliente promoveu uma mudança na cultura de trabalho que está em busca de aplicar melhores conceitos que tragam benefícios reais.

O impacto positivo do Lean IT para o desenvolvimento de software

A implantação da filosofia Lean IT e dos seus princípios é um processo longo, que demanda bastante tempo e engajamento de todo o corpo de gestão e dos funcionários. Um dos benefícios do Lean IT é justamente neste ponto, que não necessita de uma mudança drástica inicial – o Lean promove alterações contínuas e incrementais, o que pode ser entendido também na aplicação da sua filosofia e na mudança da cultura da empresa.

Os princípios do Lean IT

Um dos primeiros pontos que se deve trabalhar é conhecer os desperdícios no mundo da TI, que podem ser desde requisitos ultrapassados para o cliente e até um hardware que não está mais de acordo com o nível de excelência exigido pela empresa. Após analisar os desperdícios percebe-se que estes criam uma distância entre as áreas de negócio, o que deve ser combatido para que se crie uma cadeia de valor pela empresa, integrando ao máximo o esforço de trabalho e o dinamismo nas atividades que estão sendo executadas.

É ideal também escolher uma metodologia de trabalho como a Kaizen, o Kanban ou o ITIL e Cobit. A ideia aqui é ter uma ferramenta de auxílio a gestão e que unifique o formato como os funcionários e os gestores irão medir o desenvolvimento de software. É importante também definir métricas que sejam relevantes ao negócio e ao setor de TI como um todo, escolhendo as que realmente são úteis para a organização.

Tenha em mente sempre a melhoria contínua do processo com um ponto de vista a longo prazo para evitar o desperdício de recursos, tempo e a criação de gargalos. A meta é identificar os problemas existentes, eliminar os resíduos e detectar trabalhos que não agregam valor ao negócio.

Por último é importante manter e cuidar da infraestrutura como um todo, principalmente num ambiente tão rápido e ágil como a TI. Dimensionar corretamente os ativos de TI e avaliar a necessidade de cada um, além do seu tempo de vida e períodos de manutenção pode ser um importante fator que irá tanto evitar os excessos como evitar a causa dos gargalos do processo.

Saiba mais!

A aplicação da filosofia e dos princípios do Lean no mundo da TI foi uma ótima forma de melhorar como um todo o desenvolvimento de software, trazendo boas práticas e benefícios de longo prazo neste setor. O Lean IT é uma boa maneira de agregar mais valor ao seu produto, melhorando a eficiência e a produtividade do seu negócio.

Continue acompanhando as nossas publicações no blog da Deal!

>> Gostou?

Receba notícias sobre tecnologia diretamente no seu e-mail.
Cadastre-se agora mesmo.
Escrito por

Leitor faminto, eterno aluno e sedento por resultados. Trabalho construindo equipes de alto desempenho com base nos princípios do Agile com Lean Startup! ISSO É O QUE ME MOTIVA!! Graduado pela Engenharia de Computação na PUC-PR, certificado SCRUM Master pela Oficial SCRUM Alliance, certificado Personal and Professional Coaching pela Sociedade Brasileira de Coaching, cursando MBA IN MANAGEMENT na FAE Business School e cursou PMP na FGV.

Enviar Comentário

E-mail
Twitter
LinkedIn
Whatsapp